quarta-feira, 28 de junho de 2017

Street Fighter V: Guia de Personagens - Introdução

O site oficial de jogos da Capcom, desde o lançamento de Street Fighter V no começo do ano passado, tem apresentado detalhes biográficos de seus personagens, incluindo novatos e veteranos, mas especialmente apresentando personagens secundários como Zeku (mestre de Guy), Doctrine Dark (da série poligonal do PlayStation1, o SF EX) e Nadeshiko, a parceira de luta de Rainbow Mika.


Inicio a apresentação da série Character Guide em português, mas não antes de mostrar a apresentação por meio da figura do (fictício) soldado Nakagawa. Ele faz a introdução da série e comenta sobre os lutadores de forma bem interessante. Passo a palavra ao soldadinho de Bison:


Saudações meus companheiros soldados da Shadaloo, aspirante Nakagawa aqui!

Nesta seção iremos publicar as pesquisas da Shadaloo sobre os personagens de Street Fighter. Tenha em mente que este material é ultra secreto e não será encontrado em qualquer lugar, então assegure-se em mantê-lo para si mesmo! 


É aqui onde a Shadaloo armazena todas as informações, é ali que mora o perigo! 
_________________________________________

Confira os próximos perfis a serem revelados:

001 - Yamato Nadeshiko
002 - Gou Hibiki
003 - Don Sauvage
004 - A família Masters
005 - Sodom
006 - Rose
007 - Mike Haggar
008 - Delta Red
009 - Rufus

O objetivo é apresentar até três fichas por dia, o que acham da ideia?

Até amanhã!

SGP Intercâmbio: Making of Street Fighter II (Parte 2 de 2)

Prosseguindo a entrevista de 1991, traduzida e postada ontem, sobre o desenvolvimento do lendário Street Fighter II, descubra quais são as ideias descartadas, os bugs de última hora e a opinião final do produtor e diretor deste jogo após seu lançamento: Akira Nishitani.


É de conhecimento geral que o Street Fighter II possui diversas versões e remakes, conforme a lista abaixo, mas é importante perceber que muitas das adições destas versão podem ter origem no projeto World Warrior de 1991: 

SF II: World Warrior - a versão original com os 8 lutadores (primeiro semestre de 1991). 
SF II: Champion Edition - a versão de 1992 com os 4 chefes selecionáveis (Mar, 1992). 
SF II Turbo: Hyper Fighting - uma versão da CE com ajuste de velocidade (Dez, 1992).
Super SF II: The New Challengers - adição de 4 lutadores para a nova placa CPS2 (Set, 1993).
Super SF II Turbo - versão com Akuma e golpes super especiais com barra de Super (Fev, 1994).
6º Super SF II Turbo Revival - remake da versão de 1994 para Game Boy Advance (Jun, 2001).
Hyper SF II: The Anniversary Edition - permite escolher qualquer versão dos lutadores das cinco primeiras edições de SFII em um único jogo (Dez, 2003).
8º Super SF II Turbo HD Remix - remake da SSFII Turbo com gráficos redesenhados (Nov, 2008).
Ultra SF II: The Final Challengers - mais um remake da versão de 1994, além de Evil Ryu e Violent Ken (Mai, 2017).

O remake de GBA é uma das melhores adaptações para um portátil.
E que os deuses abençoem os envolvidos no Shmuplations, esse site que trouxe os melhores artigos traduzidos do japonês dos nossos queridos fighting games. Boa leitura!

Ideias abandonadas

Estávamos nós, um mês para a data final de entrega do jogo. Quando se chega tão longe, o tempo limita o que você pode fazer. Com calma e julgamento seletivo (de fato, era somente o meu próprio egoísmo), eu tinha decidido o que seria cortado por conta das restrições de tempo. Aqui segue uma lista dos planos que tivemos que abandonar (cara, eu realmente não queria ter que tirá-los!)

terça-feira, 27 de junho de 2017

SGP Intercâmbio: Making of Street Fighter II (Parte 1 de 2)

Aproveitando o embalo da última postagem com mais uma matéria de tradução sobre artigos do passado, desta vez investigamos a origem do jogo de luta mais inspirador e famoso de todos os tempos: Street Fighter II. Ele é conhecido por jogadores hardcore, casuais e até mesmo por pessoas que não jogam videogame - ou os que até mesmo detestam este tipo de entretenimento. Quem nunca ouviu uma criança (ou um adulto de hoje) gritar "Hadouken?!"

Se jogos de luta tivessem um livro dedicado a eles, esta seria a capa mais significativa de todas.
Conheça mais traduções conferindo as postagens do SGP Intercâmbio clicando aqui, ou leia mais artigos como esse (em inglês) no local original desta matéria a seguir, no site do Shumplations.com

Antes de tudo é preciso esclarecer que esta entrevista é de um japonês, então os nomes mencionados são os orientais. O boxeador Balrog vira Mike Bison, o ninja espanhol Vega vira Balrog e o chefão ditador da Shadaloo ao invés de M. Bison é na verdade Vega. 

Uma imagem que vale mais que mil palavras sobre este assunto.
Voltemos para o início dos anos 90 com a primeira parte da entrevista:

SGP Intercâmbio: Entrevista com os produtores de Real Bout Fatal Fury

Dando continuidade as matérias de tradução sobre jogos de luta, hoje é a vez de um jogo muito especial de 1995. A SNK vivia um momento de ascensão após o sucesso de Samurai Shodown II, The King of Fighters '94 e Art of Fighting 2 do ano anterior. Ela ainda viu Fatal Fury 3 (1995) trazer problemas de aceitação dos fãs da franquia de Terry Bogard mesmo com estes sucessos em vigor .

Geese chegou em 1995 ao Neo Geo com 346 MEGAS!
Real Bout Fatal Fury é um upgrade do jogo anterior que se propôs a reviver os eventos iniciais da série, colocando mais uma vez a fatídica cena do vilão Geese Howard caindo do prédio após a luta contra o Lobo Solitário, mas agora com mais detalhes e personagens do que no jogo de 1992.

Não deixe as aparências e o elenco semelhante te enganarem: RBFF é bem diferente de Fatal Fury 3.
Segue então mais uma entrevista traduzida do site Shmuplations, que é a referência em material raro vindo do japonês e que nos permite saber muito mais detalhes de personagens e ideias que produtores das nossas franquias favoritas possuíam. Para conferir The King of Fighters '94 e os dois primeiros Art of Fighting, clique aqui. Sem mais delongas...

terça-feira, 20 de junho de 2017

Injustice 2: Inscrições para a Liga Latina no Brasil estão abertas!


Hora de levar seu Batman, Pistoleiro, Adão Negro, Atrocitus e o resto do elenco de Injustice 2 para as competições presenciais! Por meio do site oficial da IGN para a competição chamada de Liga Latina, as inscrições para uma competição de prêmios astronômicos de até 10 mil reais ao vencedor foram abertas. E o vencedor desta mega competição ainda tem a chance de disputar o mundial!

Por enquanto o brutal Atrocitus é o meu favorito. Nada de Gears no torneios, pessoal.
São cinco qualificatórias online e cinco etapas presenciais nas Lojas Saraiva de São Paulo e Rio de Janeiro que estarão disponíveis para os viciados no mais novo game da NetherRealm Studios e Warner Bros. Games.

Assista o vídeo informativo oficial:



Como apresentado na descrição do vídeo no YouTube, o sistema pre-eliminar (as famosas pools) acontecerão em diferentes semanas, até que os melhores se reúnam na final brasileira, no dia 12 de agosto. Logo no dia seguinte, os oito melhores do Brasil degladiam-se contra jogadores trazidos das Ligas da Argentina, Peru, Chile e México. Aproveite estes dois meses para assistir gameplays, treinar contra a CPU no Practice, bater uns contras online e participar do processo "seletivo" das finais. É quase um vestibular mesmo.

O canal VesperArcade possui muitos vídeos de combos para iniciantes:



Segue o calendário copiado na íntegra do vídeo acima:

Lojas da Saraiva para as qualificatórias presenciais: 

- Saraiva Shopping Morumbi São Paulo — dia 1 de julho
- Saraiva Eldorado São Paulo — dia 8 de julho
- Saraiva Shopping NYCC Rio de Janeiro — dia 15 de julho
- Saraiva Mooca Plaza São Paulo — dia 22 de julho
- Saraiva Center Norte São Paulo — dia 29 de julho


Datas das qualificatórias on-line: 
- Qualificatória online 1 – dia 24 de junho
- Qualificatória online 2 – dia 25 de junho
- Qualificatória online 3 – dia 1 de julho
- Qualificatória online 4 – dia 2 de julho
- Qualificatória online 5 – dia 8 de julho
- Qualificatória online 6 – dia 9 de julho
- Qualificatória online 7 – dia 15 de julho
- Qualificatória online 8 – dia 16 de julho
- Qualificatória online 9 – dia 22 de julho

As etapas presenciais sempre ocorrem no horário das 15h, com check-in uma hora antes. E o mais importante: ao se inscrever em uma etapa, não é possível participar de outra. Não vale se inscrever na primeira, perder e achar que terá outra chance. Se houver mais dúvidas, leia os regulamentos no site oficial. Separe um tempo e leia tudo com muita calma...

Se nada der certo, vou zonear com Nuclear... Até rimou!
Por fim deixo o Top 16 de duas etapas oficiais da Pro Series já ocorridas, lembrando que a Liga Latina também é uma das desmembrações do mundial de Injustice 2Separe um fim de semana para assistir estes dois vídeos com quase oito horas de jogatina e aquecer para as próximas competições!

CEO 2017:

Combo Breaker 2017:

A EVO 2017 também está chegando com Injustice 2... Fui!

SGP Polêmica: Qual é o jogo de luta mais caro da história? (Parte 3)

Hora de encerrar -temporariamente- esta série que tratou de investigar quanto pode custar o seu fighting game favorito - a partir do surgimento de conteúdos extras de forma paga. Sempre gostei da ideia de colecionar jogos desse gênero, mas com as atualizações em DLC e conteúdos posteriores pagos ficou difícil manter os jogos mais completos possíveis.

Street Fighter V foi o grande motivador destas matérias.
Com a geração atual de jogos e a crise econômica instaurada no nosso país, a quantidade de novos conteúdos para um único jogo têm aumentado drasticamente e agora temos que aprender a economizar ou focar em apenas um dos jogos para que tenhamos o melhor que ele pode oferecer. Curiosamente, eu tenho jogado mais Street Fighter V do que qualquer outro, mas decidi que The King of Fighters XIV será o jogo que me dedicarei a ter todos os itens em meu console.

Depois da mudança de visual, KOF XIV ficou muito mais agradável de se jogar, mas a estética é o de menos.
Conheça os itens à venda sobre Street Fighter IV, Mortal Kombat 9, The King of Fighters XIII e Marvel vs. Capcom 3 e seus upgrades clicando aqui. E para conhecer sobre Dead or Alive 5, Street Fighter X Tekken, Tekken Tag Tournament 2, Injustice, Guilty Gear Xrd e Super Smash Bros. Brawl, basta clicar aqui.

Mais cinco "jogaços" de luta que arrancam as carteiras de nossos bolsos:

segunda-feira, 19 de junho de 2017

SGP Editorial: Trailer legendado em português de KOF Destiny


Hoje, a SNK lançou mais um trailer legendado em inglês com cenas prévias de sua próxima animação de The King of Fighters. Propondo-se a recontar os eventos que precedem a história de 1994, KOF Destiny é uma produção dos estúdios chineses que agora são donos da produtora de jogos mais amada por este escritor.

Decidi legendar o vídeo para português aos que não estão familiarizados com inglês.
Basta dar o play:



Segundo as informações do site oficial, 35 lutadores estarão presentes em uma animação de larga escala nunca vista na franquia. Seu lançamento ocorrerá no verão chinês - para nós do hemisfério sul, neste inverno (entre junho e setembro). Terry com cabelo loiro escuro, Billy com penteado punk de cabelos azuis e outras novidades podem causar reações mistas aos fãs da série. Mas já valerá a pena por nos fazer revisitar os acontecimentos de Garou Densetsu (Fatal Fury de 1992).

Aguarde por mais novidades, até mais!

sexta-feira, 16 de junho de 2017

The King of Fighters XIV: Raging Storm na tela inicial + novo crossover?!


A página oficial de The King of Fighters no Facebook, a KOF World, aproveitou o lançamento oficial de ontem do KOF XIV Steam Version para revelar um majestoso segredo: é possível acessar a Frame Data do jogo no modo de treino. E o mais interessante é como isto deve ser feito. Todas as instruções foram divulgadas neste link aqui.

Todo o estudo teórico de fighting games começa por aqui: frame data.
Para os que fogem da linguagem mais profunda dos fighting games, frame é uma marcação de tempo para auxiliar os jogadores no que se refere a combos e a velocidade dos golpes. Cada segundo de jogo possui 60 frames, então basta dizer que o golpe com menos frames acaba por se tornar um dos mais rápidos do jogo. Enfim, é uma ferramenta para estudiosos dos jogos de luta e não é o fator mais relevante desta novidade. Vamos ao procedimento para utilizar o código?

Injustice 2: Sub-Zero, lives da E3 e Torneio na CEO 2017


Mais conteúdos de fighting games na agitada semana de E3: a versão Warner Bros do poderoso líder dos Lin Kuei, o criogênico Sub-Zero, foi apresentado de forma espetacular no mais novo trailer de gameplay para Injustice 2. O design de seu traje está espetacular e seu Super Move é digno de louvores. 



A equipe de desenvolvimento de Injustice 2 tem feito um trabalho realmente espetacular, especialmente com esse novo moveset de Sub-Zero. E hoje o jogo completa um mês após o lançamento. Finalmente consegui minha cópia do jogo, então espere por uma cobertura especial sobre ele, incluindo vídeos de gameplays em meu canal do Youtube, além de mais matérias aqui no blog.

Esta luta de Mortal Kombat X pode invadir o mundo de Injustice 2. Raiden deve aparecer daqui algumas semanas.
Enquanto a E3 rolava para jornalistas e jogadores, um estande da Warner Bros. Games abrigou uma série de partidas de Injustice 2. E é sempre bom dar uma olhada nas jogatinas, ainda que de fãs casuais. Duas transmissões ao vivo foram adicionadas no canal da empresa, ambas seguem abaixo.

Live do dia 14/06/2017:



Live do dia 15/06/2017 (apenas a revelação de Sub-Zero e entrevistas com cosplayers):



Por fim, temos uma das etapas profissionais do circuito mundial de Injustice 2 para acompanhar neste final de semana. A CEO 2017 é um mega evento de torneios dos jogos de luta que precede a EVO e neste ano temos Tekken 7 (em etapa profissional do mundial), Injustice 2 (como parte da Pro Series), The King of Fighters XIV e Guilty Gear Xrd Rev 2 como novidades, além dos já tradicionais Street Fighter V, Killer Instinct, BlazBlue Central Fiction, Pokkén Tournament, Ultimate Marvel vs. Capcom 3 e os amados (pelos norte-americanos) Super Smash Bros. Melee e SMB For Wii U. Confira as brackets do torneio clicando aqui e faça suas apostas em uma competição com 400 inscritos!

VÍDEOS DAS PARTIDAS 

1) Pools do primeiro dia:


2) Segundo dia:

Para conferir os vídeos com os 16 melhores, assista no canal GameSpun

Voltarei agora à viciante exploração de Injustice 2 e seus milhares de conteúdos.

Até mais!!

Marvel vs. Capcom Infinite: Avaliação da Demonstração de Estória


Não sou tão fã de transmissões ao vivo, especialmente da E3 pois a maioria dos games são de gêneros que mal passo perto, mas eu tinha que assistir a conferência da Sony. Ela tornou-se até que tradicional em revelar novidades dos fighting games. E como o Marvel vs. Capcom: Infinite é o próximo lançamento da Capcom, era bem possível sua aparição na feira devido a proximidade de lançamento em setembro. E como é bom assistir um trailer que dá aquela informação bombástica no final:



Mais uma vez, a Capcom surpreende com as palavras "avaliable now" tal como no final do ano passado na Sony Experience 2016 ao revelar que os usuários de PS4 poderiam jogar imediatamente Ultimate Marvel vs. Capcom 3, mas desta vez foi o anúncio da demonstração gratuita de Infinite para nos deixar mais animados com o game. Porém quando a esmola é demais, o santo desconfia, pois temos em mãos uma prévia até que complicada do jogo que já vinha recebendo diversas críticas às suas escolhas gráficas. Tudo porque sua apresentação é bem corrida.

Será que este foi o modelo para o rosto da Chun-Li?
Devido aos rostos mais largos (Ryu, Dante e Chris), feições mais caricatas (Chun-Li) e exagero proposital muscular (Capitão América), o jogo recebeu mais críticas ainda quanto aos modelos de seus personagens. E alguns afirmam até que o game ficou com cara de mobile - confesso que fiquei com essa impressão também. Mas somente uma coisa pode amedrontar os verdadeiros jogadores de fighting games: jogabilidade. Está diferente e mesmo assim, ainda está mais do mesmo. Explico.

terça-feira, 13 de junho de 2017

SGP NEWS: Os vilões de Sonic Forces aparecem na E3!


A (nova) Sega em união com o Sonic Team está prestes a entregar dois belos trabalhos neste ano: Sonic Mania está confirmado para 15 de agosto e nos trará o ouriço no estilo clássico, enquanto Sonic Forces será a aguardada continuação dos vários episódios da franquia. Ao estilo de Generations (2011), jogaremos com o Sonic do passado e do presente, acompanhado de um novo personagem inteiramente customizável - incluindo sua raça, seus objetos e suas habilidades.

Olha o trailer exibido hoje, primeiro dia do evento com público na E3:



Minhas descrenças de dois meses atrás sobre a qualidade do futuro game caíram por terra com este trailer. Como jogador assíduo da fase Adventure, a presença de Shadow e Chaos como vilões me deixou bem empolgado com as possibilidades do enredo e dos desafios que o jogo trará aos jogadores. Claro que Metal Sonic (Sonic Heroes) e Zavok (Lost World) não passarão despercebidos, mas todos parecem de alguma forma estarem relacionados ao novo vilão ainda sem nome chamado Infinite.

segunda-feira, 12 de junho de 2017

Tekken 7: A turnê mundial está prestes a começar!


Os jogadores de Tekken 7 não precisam sentir-se menos privilegiados em relação a Street Fighter V, The King of Fighters XIV e Injustice 2: uma liga oficial do game premiará os melhores competidores do jogo de luta 3D da Namco Bandai no total de 200.000 moedas do Tio Sam. A parceria foi feita com a Twitch e acontecerá em diferentes etapas, tanto offline quanto online.



A Tekken World Tour terá suas grandes finais com os melhores 16 jogadores de três vias de classificação durante o ano. A primeira via inclui as jogatinas realizadas em torneios presenciais (offline), separada por eventos de três grandes regiões: Américas, Europa e Ásia-Pacífico. A segunda via de acesso inclui os melhores colocados nas leaderboards do jogo (online), garantindo mais acesso às competições graças a própria classificação do game que privilegia mais regiões do planeta. A última possibilidade é participar da EVO 2017 e obter espaço nas melhores colocações do torneio. 

Leve a brasileira Katarina Alves para as finais mundiais de Tekken 7.
A turnê mundial de Tekken 7 inicia seus primeiros passos nesta semana, nos dias 16 (próxima sexta) ao dia 18, com o torneio presencial categoria Master promovida pela CEO Gaming. Falando em categorias dos eventos offline, temos a Challenger e a Regional além da Master, que variam em número de participantes e premiações, todas determinadas pela Twitch baseando-se no prestígio que o evento já possui. O tradicional sistema de pontos serve para determinar quais serão os participantes da etapa final desse mundial, que acontecerá em novembro (data a ser definida).

Os torneios regionais são a melhor oportunidade de se chegar no mundial, mas a EVO e outras competições offline fazem jus.
Um evento Master da América do Sul acontecerá no Chile e sua capital Santiago, no dia 7 de outubro (sábado) e será promovido pela equipe TekkenExtremeTournament, a TXT. Infelizmente este será o evento offline mais próximo de nós brasileiros apoiado pela Tekken World Tour. Mas espere por outras competições aqui no Brasil por fora da turnê mundial e suas premiações astronômicas. Confira a agenda completa com datas e local clicando aqui

O jeito é treinar nos torneios e partidas rankeadas do modo online de Tekken 7.
Caso decida ingressar na competição de forma oficial, fique atento a lista oficial de regiões pelas regras oficiais do evento:

Américas – Anguilla, Antígua e Barbuda, Argentina, Aruba, Bahamas, Barbados, Belize, Bolívia, Brasil, Ilhas Virgens Britânicas, Países Baixos Caribenhos, Ilhas Cayman, Chile, Colômbia, Costa Rica, Curaçao, Dominica, República Dominicana, Equador, El Salvador, Guiana Francesa, Granada, Guadalupe, Guatemala, Guiana, Honduras, Jamaica, Martinica, México, Montserrat, Nicarágua, Panamá, Paraguai, Peru, Porto Rico, São Bartolomeu, São Cristóvão e Névis, Santa Lúcia, Ilha de São Martinho, São Vicente e Granadinas, São Martinho, Suriname, Trinidad e Tobago, Ilhas Turcas e Caicos, Ilhas Virgens Americanas, Uruguai e as regiões denominadas América do Norte Oeste e Leste (que agregam jogadores de estados e províncias dos  Estados Unidos e Canadá).

Europa - Três divisões aqui:
Ocidental: Áustria, Bélgica, Dinamarca, França, Alemanha, Islândia, Irlanda, Itália, Luxemburgo, Holanda, Noruega, Portugal, Espanha, Suécia, Suíça e Reino Unido (exclui-se aqui as regiões ultramarinas administradas por estes países, como a Guiana Francesa).
Oriental: Bulgária, Croácia, República Checa, Estônia, Finlândia, Grécia, Hungria, Letônia, Lituânia, Polônia, Romênia, Rússia (com exceção tumultuada região da Crimeia), Sérvia, Eslováquia, Eslovênia, Turquia e Ucrânia (de novo sem Crimeia).
Europa-África e Oriente Médio: Albânia, Argélia, Andorra, Armênia, Azerbaijão, Barein, Bósnia e Herzegovina, Egito, Geórgia, Israel, Jordânia, Cazaquistão, Kuwait, Liechtenstein, Macedônia, Malta, Moldávia, Mônaco, Montenegro, Marrocos, Omã, Qatar, San Marino, Arábia Saudita, África do Sul, Tadjiquistão, Tunísia, Turcomenistão, Emirados Árabes Unidos, Uzbequistão e Iêmen.

Ásia-Pacífico - Outras três divisões:
Ásia Oriental: China, Hong Kong, Japão, Macau, Mongólia, Coréia do Sul e Taiwan.
Ásia Sudoeste: Indonésia, Malásia, Filipinas, Cingapura, Tailândia e Vietnã. 
Ásia-Pacífico: Austrália, Bangladesh, Butão, Brunei, Camboja, Timor Leste, Índia, Laos, Nepal, Nova Zelândia, Paquistão, Papua Nova Guiné e Sri Lanka.

Já era! Agora morram, haters de Tekken! (existe esse povo?) 
Este evento foi divulgado no dia 25 de maio, próximo das competições do Combo Breaker 2017. Embora o CB não tenha sido usado como etapa, seu torneio nos dá uma ideia do que encontraremos nas grandes competições transmitidas ao longo do ano. 



Agora que temos o game em mãos, faz muito sentido estudar as partidas transmitidas pelo Team Spooky. Já escolheu o seu lutador favorito? Sempre gostei da Asuka, mas o Akuma realmente é uma tentação para mim, um tradicional player de games 2D.

Fui!

SGP News: Um presente da E3 2017 com DragonBall FighterZ


A E3 é o evento jornalístico mais conhecido por sua tradição de revelações dos principais nomes da indústria gamer desde os anos 90, mas nunca foi tão atrativo para os amantes dos jogos de luta. Só que a Microsoft além de apresentar seu "novo" console nesta edição de 2017, o Xbox One X (e S) ela deu espaço para mais um jogo da série Dragon Ball. Mas não é como vimos recentemente com Xenoverse. 

"Ei, Goku! Vai tomar..." espaço no seu HD com esta linda explosão de gráficos e magias ensandecidas.
O anúncio veio com ótimas notícias: produção pela Arc System Works (de Guilty Gear e BlazBlue), distribuição da Bandai Namco Entertainment (Tekken e outros jogos de anime como Naruto e o próprio Dragon Ball) e o motor gráfico Unreal Engine 4 (com Street Fighter V e Tekken 7).

Hora do trailer:



O jogo está confirmado para Xbox One, PS4 e Steam para o início de 2018. O que me deixa mais intrigado sobre esta informação é que o Switch, o mais novo console da Nintendo, não teve confirmação deste jogo. O estranhamento não deveria acontecer, pois a Nintendo sempre manteve-se a parte de grandes lançamentos multi-plataformas, mas isso não deveria ocorrer neste momento em que o console busca maior apoio das third parties. Considerando o fraco histórico de fighting games em consoles da casa do Mario, Kirby, Zelda e Pokémon, ainda assim não é de se surpreender a ausência no Switch...

O sistema de combates 2D (visão lateral) é a melhor escolha para trocar sopapos e Kamehameha.
O jogo nos apresenta como modo padrão o versus de 3 contra 3 com a possibilidade de trocas imediatas e golpes Assist dos seus personagens reservas que ainda não foram nocauteados (no estilo Marvel vs. Capcom). Como visto no vídeo, o game ainda conta com interações com cenários nos momentos de nocaute, sequências automáticas, super especiais e o recurso de teletransporte para surgir nas costas do oponente - recurso já conhecido pelo fãs de anime. Já jogou a série Budokai, mais famosa nos tempos de PS2? Parece que alguns recursos serão emprestados de lá. 

Confira a gameplay da versão demonstrativa com hype japonesa:



Launchers, air-combos e barra de especial deixam DragonBall FighterZ ainda bem familiar aos fãs de fighting games modernos. Fiquei impressionado com a consistência de qualidade por toda a luta e as nunca dispensáveis cenas de interação. Goku, Gohan, Vegeta, Majin Boo, Freeza e Cell são seis personagens muito recorrentes nos jogos da série, então não podemos nos impressionar ainda com o elenco. Mas os movelists, esses sim, parece estar bem interessantes.

Aguarde por mais adições do vasto universo de Dragon Ball neste novo jogo de luta da série.
Deu mais saudades ainda de jogar Dragon Ball Z Budokai 3 (aclamado com uma das melhores versões 2.5D do anime) e seu upgrade Dragon Ball Z Infinite World (quase tão bom quanto Budokai 3). Mesmo que DB tenha mais de 30 anos, a volta da série com os inéditos capítulos de DB Super deixaram os fãs com mais água na boca por um bom game de porrada com Goku. Louvemos a AkSys e seus desenvolvedores por essa futura obra-prima.

Até mais!!

Injustice 2: Os 16 melhores do mundo no campeonato da ELEAGUE


Aos que duvidavam do lado competitivo de Injustice 2, está aqui mais uma oportunidade de promover o lado mais rentável dos jogos de luta: eSports. A renomada empresa ELEAGUE como uma promotora de competições eletrônicas a nível global entrou em mais uma série dos fighting games, agora com o novíssimo Injustice 2. Aquele trailer básico de incentivo:



Na descrição do site oficial, temos a confirmação de 250 mil dólares em premiação aos jogadores participantes e a data marcada para o início da competição: 21 de outubro deste ano - desta vez em um sábado ao invés das tradicionais sexta-feiras adotadas para a liga de Street Fighter V. Ainda falta bastante tempo para que a empresa reconheça quais são os melhores jogadores, mas está confirmado que os 16 melhores jogadores farão parte dos eventos.

O palco da glória dos jogos de luta: EVO 2017 está chegando!!!
Ainda teremos a participação de Injustice 2 como um dos torneios principais na EVO 2017 que acontecerá mês que vem como um palco para a escolha de alguns desses, mas é certeza que SonicFox, um dos melhores jogadores dos games da Netherrealm Studios (Mortal Kombat e Injustice), esteja garantido, mais alguns melhores colocados de competições oficiais e alguns líderes do ranking mundial online.

Esta é a partida da primeira competição oficial do game, no mega evento Combo Breaker de quinze dias atrás. O americano SonicFox e o bareinita Tekken Master fizeram uma grande partida com Adão Negro e Atrocitus:



Vale ressaltar que mais uma vez que esta competição faz parte do grande pote de 600 mil dólares investidos para as competições oficiais de Injustice 2 ao longo do ano, pela Warner Bros. Games em parceria com a ESL, ELEAGUE, PS4, Gamelta e GameSpot. As partidas serão exibidas no canal norte-americano TBS (uma das repartições da própria Warner) além dos tradicionais canais na Twitch e YouTube.

Até mais!

quinta-feira, 8 de junho de 2017

SGP Intercâmbio: Segredos conceituais de Art of Fighting 2


Mais uma das traduções do SuperGamePoint, agora com o melhor episódio de Art of Fighting. Todos aqueles designs, a estreia de Yuri, Takuma e Eiji e a inclusão da versão jovem de Geese Howard como chefão do jogo fazem deste uma obra-prima da SNK, além das presenças de Ryo, Robert, King, Mister Big e outros lutadores do primeiro jogo. 

O ano de 1994 foi muito especial: AOF2, FF Special, KOF '94, Super SF II Turbo, Tekken... e outros mais.
A versão original você encontra aqui: http://shmuplations.com/aof2/

Introdução para a Entrevista

Esta breve entrevista de Art of Fighting 2 apareceu em uma edição especial da Gamest em maio de 1994. Embora o texto da entrevista seja lamentavelmente curto, ele com certeza contém uma ótima coleção de artes conceituais mostrando os primeiros desenhos alternativos de personagens, as quais anexei no fim da entrevista.

Que elenco incrível: saudades de Lee e Eiji.
Vamos à leitura?

terça-feira, 6 de junho de 2017

SGP Intercâmbio: Segredos femininos do primeiro Art of Fighting


Graças ao magnifico trabalho de traduções do site Shmuplations, já tivemos segredos revelados em entrevistas especiais encontradas apenas em japonês sobre The King of Fighters '94 (parte 1 e parte 2). Agora é a vez de uma das mais importantes e curtas franquias do fighting games: Art of Fighting. 

102 poderosos Mega: Era essa a quantia de Memória ROM de AOF em 1992. Muita coisa!
O nome original é Ryuko no Ken que pode ser traduzido como "O Punho do Tigre e do Dragão", em referência à cultura chinesa e seu espírito de rivalidade. Apesar de pouco conhecida entre os jogadores novos, AOF é a série que estabeleceu uma série de paradigmas presentes até hoje em jogos de luta. 

Semelhante aos filmes dos anos 80 e 90, havia foco apenas nos protagonistas: Ryo e Robert.
Hora de conhecer sobre as únicas presenças femininas no primeiro episódio da série, lançado em 1992 para as máquinas Neo Geo MVS. Desta vez a entrevista é bem curta em relação ao KOF '94, mas não menos importante por isso. As imagens e as legendas no conteúdo da entrevista são de autoria do site original.

SGP News: Pokémon Ultra Sun & Ultra Moon, Pokken Tournament DX e Gold & Silver no 3DS

Hoje é dia de Pokémon, baby! A Nintendo por meio de suas conferências mundiais, as chamadas Pokémon Direct, revelou as duas maiores novidades dos monstrinhos de 2017. Uma acontecerá no novíssimo Nintendo Switch e a outra no já tradicional portátil 3DS. Assista com carinho:



Seguindo a sistemática apresentação do ano passado para Pokémon Sun & Moon na qual jogadores misturavam vida real com a vida gamer, tivemos a apresentação dos novos jogos de uma forma bem conceitual com o propósito do criador da série, Satoshi Tajiri, que sempre sonhou com pessoas colecionando bichos e interagindo com outras pessoas por meio das criaturas. Já conhece Pokkén?

A coruja verde Decidueye é a maior novidade de Pokkén Tournament DX.
Diferente da série original de Pokémon, onde os monstrinhos lutam no esquema de turnos já que o jogo é um RPG ao invés de um jogo de luta, Pokkén Tournament traz a fórmula de games de animes já consagrados como Naruto Shippuden e Dragon Ball Z Budokai Tenkaichi ao criar combates focados na movimentação por todo o cenário em 3D e com visão por detrás do seu lutador (no caso do Player 1). O jogo foi concebido e lançado nos fliperamas japoneses em 2015 pela Bandai Namco (sim, a criadora de Tekken - por isso o nome Pokkén) e pela Nintendo em 2016 para o seu console Wii U. Agora com a nova máquina, o Switch, a Nintendo expandirá o game ainda mais e permitirá que o jogo seja levado para qualquer lugar pelos donos do console híbrido.

O conceito do jogo é espetacular: coloque Pokémon para batalhar de verdade, sem esperar por turnos.
O jogo sempre foi aprimorado aos poucos. Na versão inicial de Arcade, apenas Pikachu, Charizard, Gardevoir, Gengar, Lucario, Machamp, Suicune e Weavile apareciam como lutadores. Shadow Metwo era o boss do game, mas depois tornou-se disponível. A versão de Wii U e as atualizações do Arcade acrescentaram Pikachu Libre (a versão luta livre criada em Pokémon Omega Ruby & Alpha Sapphire), Blaziken, Sceptile, Chandelure, Braixen, Garchomp e a versão comum de Mewtwo. O Arcade continuou ainda a receber atualizações como Darkrai, Croagunk, Scizor e Empoleon. O jogo ainda trouxe os chamados Support que possuem a mesma função dos Assists ou Strikers: interferir na luta rapidamente por meio de uma técnica defensiva ou ofensiva.

Este é um dos melhores Pokémon do continente de Alola. Com certeza haverá mais 4 novos para o Switch.
Agora com a versão do Nintendo Switch com o subtítulo DX (Deluxe) haverá a inclusão de Decidueye que é um dos novatos da sétima geração do grupo de Pokémon iniciais. Espere por mais novidades até o lançamento do jogo em 22 de setembro deste ano. Vale lembrar que este jogo já pertenceu à linha principal de jogos da EVO, o maior campeonato de fighting games do mundo. E com certeza a Nintendo aproveitará os momentos precedentes aos campeonatos de Super Smash Bros neste evento para mostrar mais novidades de Pokkén Tournament DX.

Seguindo a temática de Ultra Beasts de Sun & Moon, os guardiões de Alola serão aprimorados ainda mais.
Sun & Moon são os jogos principais da sétima geração de Pokémon e foram lançados em novembro do ano passado. O jogo quebrou uma série de tradicionalidades impostas desde os primórdios de Red & Blue e colocou o jogador em um continente ainda em desenvolvimento quanto às batalhas, mas extremamente evoluído referindo-se ao convívio social e familiar dos personagens. Um trabalho primoroso. Mas surpreendemente, Alola receberá um upgrade em história e personagens com o lançamento de Ultra Sun & Ultra Moon no dia 17 de novembro também deste ano.

Os mais poderosos de S&M: espere por Necrozma e seus "amigos" de forma mais atuante em Ultra S&M.
O nome "Ultra" aparece em referência aos Pokémon que vivem na dimensão paralela dos humanos, os chamados Ultra Beasts, objeto de cobiça dos vilões de Sun & Moon. Pouco se sabe sobre o game, mas já vimos que Solgaleo e Lunala possuirão uma versão alternativa de si mesmos. Eles trazem um símbolo em formato de pirâmide invertida que possuem as mesmas cores da forma completa de Zygarde - a parecida com o Megazord e criada pelo Aether Institute ao reunir 100 células dele espalhadas pelo game. Será que Solgaleo e Lunala possuirão uma quest semelhante a de Zygarde?

Zygarde foi criado em XY, mas só "evoluiu" de verdade no continente de Alola.
Mais novidades serão apresentadas até o fim do ano, mas não espere por Pokémon inéditos e sim, apenas versões alternativas dos já existentes, tal como Platinum trouxe Giratina Origin e Shaymin Sky; em Black 2 & White 2 tivemos Black Kyurem e White Kyurem; e em Omega Ruby & Alpha Sapphire os poderosos Primal Groudon, Primal Kyogre e novos Mega... Aliás, será que os guardiões de Alola serão um novo tipo de evolução? Ultra Evolution?! Repare no novo item que adorna o braço dos protagonistas...

Tire o 2DS e o 3DS da gaveta! Hora de jogar em Johto por mais uma vez!!
Por fim, ainda nos foi mostrado as conversões diretas de Pokémon Gold e Pokémon Silver, clássicos do Game Boy Color, para o Virtual Console do 3DS. Tal como no começo do ano passado em comemoração aos 20 anos da franquia, quando Pokémon Red, Blue e Yellow foram lançados na loja virtual, as versões G&S possuem as funções de comunicação Wireless para troca e batalha com seus amigos próximos (infelizmente sem opção Wi-Fi) e integração com o Pokémon Bank. Este é o aplicativo que permite organizar todos os seus Pokémon da sexta e sétima geração, além de garantir as transferências (sem volta) das criaturas de Johto para os jogos situados em Alola (Sun & Moon, Ultra Sun & Ultra Moon). Relembre alguns momentos do jogo: 



Os pokémon originais de Pokémon Red, Blue e Yellow quando transferidos ao Pokémon Bank, já apareciam com suas Hidden Abilities, então podemos esperar que os originais de Pokémon Gold & Silver apareçam da mesma forma.

Bem, esta foi a minha primeira postagem sobre Pokémon aqui no blog, que de forma geral, é focado aos fighting games. Mas Pokémon sempre habitou o coração e a mente deste fã de porrada e de alguma forma, os monstrinhos de bolso merecem espaço neste meu trabalho. Espere por análises e matérias especiais sobre a franquia no decorrer destes meses até o lançamento de Ultra Sun & Ultra Moon. A Hype sempre me domina quando o assunto é Pokémon.

Nem gosto de Pokémon...
Até mais!

sexta-feira, 2 de junho de 2017

Tekken 7: Dia de Lançamento com porrada de vídeos maravilhosos!


Os fãs da melhor franquia de jogos de luta 3D podem comemorar deste o início da semana: uma enorme chuva de informações e imagens, além dos gameplays gravados pelo sortudos que obtiveram uma cópia antecipada de Tekken 7 surgiram nas redes sociais. O melhor de tudo é que esse game é multiplataforma com lançamento para PlayStation 4, Xbox One e Steam.

Enquanto você assistia os vídeos de aquecimento, já tinha gente platinando o jogo. É sério. Mesmo.
Tekken 7 está prometido como o jogo da Namco que encerrará a saga dos Mishima: ela protagoniza o ódio em família provocado pelas ações imprudentes de Heihachi, os atos de vingança de Kazuya, a maldição herdada pelo jovem Jin e a ressurreição de Kasumi, matriarca da família. E Akuma de Street Fighter ainda é colocado no meio destes eventos colocando-se diante dos poderosos lutadores 3D. Se quiser conhecer detalhes dos personagens, clique aqui.

Finalmente o lendário Akuma pode alcançar o paraíso nesta aparição no jogo da Namco.
Hora do trailer oficial de lançamento "Bring the Fight":



Vamos dar uma olhada nos melhores vídeos disponibilizados para nós? Get ready for the next media!